Credores da Varig dividem R$ 70 milhões, disponibilizados no Banco do Brasil em 2016

por SINDICATO NACIONAL DOS AEROVIÁRIOS, 23/12/2015 às 20:08 em Artigos

Direção do SNA (Sindicato Nacional dos Aeroviários) participa de audiência com a falida Varig, no dia 15 de dezembro, na 4ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro. Foi determinado que os credores da empresa vão receber na primeira divisão até R$ 2 mil. O valor restante, correspondente a R$ 70 milhões, que deverá ficar em reserva por determinação legal, vai ser distribuído proporcionalmente entre os mais de 10 mil credores.

O juiz da falência determinará a expedição dos mandados de pagamento em nome de cada credor, que poderá receber o valor de seu crédito em qualquer agência do Banco do Brasil mediante a apresentação de identidade e CPF. É importante ressaltar que os trabalhadores não precisam assinar procuração para que alguém receba em seu nome.

Com este critério de divisão, aproximadamente mil credores terão seus créditos integralmente quitados. Os demais credores, mesmo após a divisão, ainda continuarão com créditos a receber em rateios futuros.

Selma Balbino, diretora do SNA, explica que esses valores estarão disponíveis para saque, provavelmente, a partir de março de 2016. "Quando o dinheiro estiver liberado, informaremos em nosso site, para que os credores possam se dirigir à agência do Banco do Brasil mais próxima", garante.

Além dela, representaram os trabalhadores na audiência o assessor jurídico do SNA, Álvaro Quintão, e o presidente da FENTAC/CUT (Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil/Central Única dos Trabalhadores), Sérgio Dias.  

Texto: Cláudia Fonseca | Agência Amora

Fotos: Direção SNA

Tags:   varig