Campanha Salarial Táxi Aéreo: TST julga reajuste da categoria no dia 11 de setembro

por SINDICATO NACIONAL DOS AEROVIÁRIOS, 04/09 às 14:33 em Artigos

O desfecho das duas últimas Campanhas Salariais de Táxi Aéreo está próximo ao fim. Pelo menos é o que espera o SNA (Sindicato Nacional dos Aeroviários) e demais entidades filiadas à FENTAC/CUT (Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil/Central Única dos Trabalhadores). O julgamento do dissídio no TST (Tribunal Superior do Trabalho), em Brasília, que deve colocar um ponto final nesta jornada de quase três anos, está agendado para o dia 11 de setembro.

Algumas bases no Brasil já fecharam acordo com o SNETA (Sindicato Nacional das Empresas de Táxi Aéreo), porém, nenhuma delas é representada pelos Sindicatos filiados à FENTAC. Luiz da Rocha Pará, presidente do SNA, explica que estas entidades se recusam a assinar proposta que não traga algum tipo de benefício considerável para a categoria e tenha total apoio dos profissionais da aviação.

“Nós e os demais Sindicatos filados à FENTAC/CUT estamos unidos nesta difícil luta. Estamos realizando assembleias em todo o país para ouvir as categorias sobre a última proposta de atualização da CCT (Convenção Coletiva de Trabalho), por isso ainda não temos uma resposta definitiva para passar para os trabalhadores e trabalhadoras a nível nacional. Porém, elas foram interrompidas em função do julgamento. Até o dia 11, esperamos ter uma posição definida”, declara o presidente do SNA.

Confira a última proposta apresentada pelas empresas:

Campanha Salarial 2015/2016: de 1 dezembro de 2015 a 30 de novembro de 2016

  • 5,25% de reajuste nos salários a partir de junho de 2016, não retroativo a 1 de dezembro de 2015;

  • INPC (Índice Nacional de Preço do Consumidor) de 10,97% nos itens econômicos a partir de junho de 2016, não retroativo a 1 de dezembro de 2015;

  • Abono de R$ 500 para todas as faixas salariais, pagos no cartão-alimentação;

  • INPC de 10,97% nos pisos salariais, a partir de junho de 2016, não retroativo a 1 de dezembro de 2015.

Campanha Salarial 2016/2017: de 1 dezembro de 2016 a 30 de novembro de 2017

  • 2% de reajuste nos salários, a partir de julho de 2017, não retroativo a 1 de dezembro de 2016;

  • 4% de reajuste nos itens econômicos, a partir de julho de 2017, não retroativo a 1 de dezembro de 2016;

  • INPC de 7,39% nos pisos salariais, a partir de julho de 2017, não retroativo a 1 de dezembro de 2016.

Caso estas propostas sejam integralmente aprovadas pela categoria, o SNETA se compromete com as seguintes alterações:

  • Aumento de 4% para 6% de reajuste nos vales-alimentação, refeição e diárias, de julho de 2017 até novembro de 2017;

  • Manutenção do plano de saúde por três meses para profissionais que já recebam este benefício e que forem demitidos entre setembro e novembro de 2017. 

Texto: Cláudia Fonseca | Ag. Amora

Foto*: Cynthia Tomari | Ag. Amora 

* Trabalhadores realizam paralisação nos heliportos de Campos de Goytacazes (RJ) e Farol de São Tomé (RJ), no dia 15 de dezembro de 2016, entre 4h e 12h. Durante todo o turno da manhã, nenhum helicóptero levantou voo, comprovando total sucesso do movimento e inquestionável insatisfação da categoria. 

Tags:   campanha-salarial-taxi-aereo-2015-2016   campanha-salarial-taxi-aereo-2016-2017   taxi-aereo