Brasília (DF): Reunião com Inframérica resolve dois grandes problemas

por SINDICATO NACIONAL DOS AEROVIÁRIOS, 27/03/2018 às 23:15 em Artigos

Direção do SNA (Sindicato Nacional do Aeroviários) consegue novo acordo com a Inframérica, responsável pela administração do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília (DF). A partir de agora, aeroviários e aeroviárias não pagam mais pelo atendimento médico de urgência prestado durante horário de trabalho, nem pela segunda via da credencial, em caso de roubo.

A audiência de conciliação foi realizada no Aeroporto de Brasília, no dia 26 de março e teve a participação da Inframérica e das empresas aéreas. Representaram o SNA o diretor Carlos Geison e o assessor jurídico Robert Rodrigues. O acordo será assinado no dia 16 de abril, no MPT (Ministério Público do Trabalho) .

Entenda o caso

A subsede de Brasília denunciou a Inframérica ao MPT por descontar no salário dos profissionais o valor referente ao atendimento médico emergencial, prestado durante horário de trabalho. Após mediação no MPT, a Inframérica se comprometeu em não cobrar mais por este serviço nos casos mais graves.

A Inframérica também cobra R$280 pela segunda via da credencial que dá acesso aos locais restritos do Aeroporto. Após denúncia no SNA, fica definido que as empresas não vão mais repassar esses valores para os funcionários em caso de roubo. Mas para isso, é necessário apresentar o boletim de ocorrência. Em casos de perda, a cobrança passa a ser de R$ 140.

Texto: Ag. Amora

Foto: Divulgação

Tags:   aeroporto-de-brasilia   mpt   inframerica