Brasília (DF): Operação entre SNA e MPT comprova denúncias contra empresas terceiras

por SINDICATO NACIONAL DOS AEROVIÁRIOS, 25/11/2016 às 16:44 em Artigos

SNA (Sindicato Nacional dos Aeroviários) participa de Operação Conjunta com o MPT (Ministério Público do Trabalho), no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, no dia 24 de novembro. O objetivo foi realizar uma vistoria nas empresas terceirizadas Vit Solo, Swissport e RM Service.

A ação aconteceu após a direção do SNA denunciar o descumprimento da NR 24, que diz respeito às condições sanitárias e de conforto nos locais de trabalho. Carlos Geison, diretor do SNA, explica que profissionais que atuam nas prestadoras de serviços vivem em um ambiente insalubre, cercado de sujeira.

“Os trabalhadores dessas prestadoras de serviços não têm refeitório para realizarem suas refeições e são obrigados a utilizar um banheiro imundo, com instalações interditadas, em condições impróprias de uso. É uma vergonha que um dos maiores aeroportos do Brasil ofereça esse tipo de condição de trabalho para os profissionais da aviação civil”, afirma Carlos.

Terceirizadas e Inframérica são notificadas

A Ação Conjunta comprovou a denúncia do SNA. O MPT notificou as empresas terceirizadas e a Inframérica, responsável pela administração do Aeroporto, que elas têm até dez dias para resolverem a grave condição de falta de higiene imposta aos trabalhadores.

Estacionamento

A direção do SNA aproveitou a vistoria do MPT para informar sobre a situação do estacionamento local. Aeroviários e aeroviárias que usam seus carros para chegarem ao trabalho têm que pagar um valor muito alto, que não condiz com seus salários, para que possam guardar seus carros. O SNA já busca há meses uma solução em conjunto com a Inframérica para a situação, mas nenhuma medida efetiva foi adotada, até o momento, pela administradora.

O MPT informou que caso o valor do estacionamento não possa ser reajustado para os funcionários do Aeroporto de Brasília, a Inframérica deve buscar um local alternativo para que profissionais guardem seus veículos. Aeroviários e aeroviárias que desejarem fazer qualquer tipo de denúncia sobre irregularidades no Juscelino Kubitschek devem entrar em contato com a subsede do SNA.

 

Texto: Cláudia Fonseca | Ag. Amora

Fotos: Direção SNA

Tags:   brasilia   aeroporto-juscelino-kubitschek   inframerica   estacionamento   mpt   terceirizadas